Pages

sexta-feira, janeiro 07, 2011

Só você não viu!

Antes, quando tudo era claro, o amor resplandeceu
Fez-se tocar e tudo modificou,
Tranformando o que era pó na mais bela escultura.
Não  quis gravar lugar, nem marcar a pele
Não quis nada. Sutileza.
Só você não viu a hora que o beijo foi dado
Apenas sorriu. Bobo.

O tempo passou e o amor foi ficando velho
Já imaginava coisas e não enxergava direito
Tava meio surdo também... E por pura pirraça fingia que era mudo
Queria deixá-lo insano, e você... O que fez?
Não viu a hora que ele te tocou mais uma vez.
Só você não viu!

Daí o amor teve que ser internado, foi até meio esquecido
Não tinha familiares, nem amigos
Só tinha em sua vida um objetivo. Tocar-te e fazer-te notar.
Até que um dia, quando tudo estava quase perdido e o amor já lhe tinha esquecido
Você percebeu que ele passara em sua vida
Sentiu o beijo e o toque. Voltaria atras? Não.
O amor? Meus pêsames. Este acabara de morrer!





Voltei.. e agora não fujo mais'

6 comentários:

  1. Bem-vinda de volta ao seu lugar meniina! Te adoro.

    ResponderExcluir
  2. oiii floor adorei a nova cara do seu blog!
    tomara que você post mais
    bjim ^^

    ResponderExcluir
  3. Own, brigada' eu também gostei muito..
    Pode deixar que estarei postando logo-logo, e quero ver a senhorita por aqui ta
    beijos

    ResponderExcluir
  4. eiii.... adoreiii seu blog.... to tentando te seguir mas nao achei aonde? Oo

    me avisa como eu faço!!!

    beijokass
    niki
    http://municklameri.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oie somos do blog Entre Amigas, e selecionamos o seu blog para participar do meme literário. Gostariamos de saber quais são as suas expectátivas literárias para 2011! Para saber mais visite o nosso blog!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Arrasou no cenário do blog e no texto, bela escritora! ;-)

    ResponderExcluir

Só você não viu!

Antes, quando tudo era claro, o amor resplandeceu
Fez-se tocar e tudo modificou,
Tranformando o que era pó na mais bela escultura.
Não  quis gravar lugar, nem marcar a pele
Não quis nada. Sutileza.
Só você não viu a hora que o beijo foi dado
Apenas sorriu. Bobo.

O tempo passou e o amor foi ficando velho
Já imaginava coisas e não enxergava direito
Tava meio surdo também... E por pura pirraça fingia que era mudo
Queria deixá-lo insano, e você... O que fez?
Não viu a hora que ele te tocou mais uma vez.
Só você não viu!

Daí o amor teve que ser internado, foi até meio esquecido
Não tinha familiares, nem amigos
Só tinha em sua vida um objetivo. Tocar-te e fazer-te notar.
Até que um dia, quando tudo estava quase perdido e o amor já lhe tinha esquecido
Você percebeu que ele passara em sua vida
Sentiu o beijo e o toque. Voltaria atras? Não.
O amor? Meus pêsames. Este acabara de morrer!





Voltei.. e agora não fujo mais'

6 comentários:

Robério Marques disse...

Bem-vinda de volta ao seu lugar meniina! Te adoro.

jéssica L disse...

oiii floor adorei a nova cara do seu blog!
tomara que você post mais
bjim ^^

Laryssa Ferreira disse...

Own, brigada' eu também gostei muito..
Pode deixar que estarei postando logo-logo, e quero ver a senhorita por aqui ta
beijos

SECRET FEELINGS disse...

eiii.... adoreiii seu blog.... to tentando te seguir mas nao achei aonde? Oo

me avisa como eu faço!!!

beijokass
niki
http://municklameri.blogspot.com

Amanda e Elidiane disse...

Oie somos do blog Entre Amigas, e selecionamos o seu blog para participar do meme literário. Gostariamos de saber quais são as suas expectátivas literárias para 2011! Para saber mais visite o nosso blog!!
Beijos

Lanna Tavares disse...

Arrasou no cenário do blog e no texto, bela escritora! ;-)

Postar um comentário